O que é a Internet das Coisas ?

0
2119
Afinal, o que é Internet das Coisas?

 

Internet das Coisas (ou IOT – Internet of Things, da denominação em inglês) não é o nome de uma tecnologia mas sim um termo “guarda-chuva” que abrange diferentes tecnologias e conceitos com implicações profundas nos negócios e na vida em sociedade.

Existem várias definições para Internet das Coisas, mas em linhas gerais, ela pode ser resumida como a capacidade de “Capturar, Analisar e Agir por meio de dados gerados por objetos e máquinas conectados à Internet”.

 

A Internet das Coisas também pode ser considerada como a 3a geração da Internet. A primeira geração foi baseada na digitalização da informação. A segunda geração (ou Web 2.0) consistiu pela entrada maciça das pessoas, como geradores de conteúdos, principalmente através das mídias sociais. Agora, a terceira geração consiste na capacidade de objetos também se conectarem à internet e se comunicarem entre si, com máquinas e sistemas de informações e com as pessoas.

 

Outra forma de se contextualizar a Internet das Coisas é como o capítulo final, ou ápice da Revolução Digital que começou com o advento do transístor, passando pelos computadores, internet, smartphones, wearables e culminando na chegada da Internet a todos os objetos do nosso dia a dia, tornando-se onipresente, da mesma forma que ocorreu com a eletricidade no século 20. Essa nova Revolução Industrial, não deixará de fora nenhum segmento de mercado, e presenciaremos nos próximos anos a transformação de vários mercados que antes se consideravam a salvo da revolução digital. Modelos de negócios que foram criados e até agora só existiam no mundo digital da Internet passarão a ser viáveis no mundo físico fazendo com que negócios existentes sejam destruídos e novos sejam criados, de forma cada vez mais rápida. Ou seja, as empresas, que quiserem sobreviver no mercado, terão que passar a pensar de forma Digital.

 

Em termos de tecnologias que compõe o que chamamos de Internet das Coisas podemos destacar:
  • Dispositivos e sensores
  • Redes de telecomunicações, incluindo as novas redes de transmissão de dados de IOT – LPWANs (Low Power Wide Area Networks) – que estão se expandindo rapidamente pelo mundo ou as baseadas em redes de telefonia celular, como 5G
  • Software rodando em servidores em nuvem
  • Aplicativos
  • Ferramentas de análise de grande quantidade de dados (Big Data e Analytics)
  • Inteligência Artificial

E não existe indústria que ficará à margem das transformações proporcionadas pela Internet das Coisas. Todas as verticais de negócios já possuem casos de uso de IOT com destaque para o Varejo, Saúde, Transporte e Logística, Energia, Manufatura (com a chamada Indústria 4.0), Agronegócio, Seguros e Cidades Inteligentes. A Internet das Coisas proporcionará ganhos de eficiência e redução de custos na casa de Trilhões de dólares. Mas o principal fator de importância econômica serão os novos Modelos de Negócios, que atualmente só existem no mundo digital da Internet, mas que trarão receita incremental para todas as verticais de negócios do mundo físico.

Tem uma definição melhor para Internet das Coisas? Deixe nos comentários abaixo.

Alguns vídeos bons sobre Internet das Coisas:

 

Deixe um comentário