ABINC

História

ABINC foi fundada em dezembro de 2015 como uma organização sem fins lucrativos, por executivos e empreendedores do mercado de TI e Telecom.

A ideia nasceu da necessidade de se criar uma entidade que fosse legítima e representativa, de âmbito nacional, e que nos permitisse atuar em todas as frentes do setor de Internet das Coisas.

Tem como objetivo incentivar a troca de informações e fomentar a atividade comercial entre associados; promover atividade de pesquisa e desenvolvimento; atuar junto às autoridades governamentais envolvidas no âmbito da Internet das Coisas e representar e fazer as parcerias internacionais com entidades do setor.

Motivação

A razão de criação de uma Associação dedicada à Internet das Coisas deve-se à amplitude do tema. Internet das Coisas não é o nome de uma tecnologia mas sim um termo “guarda-chuva” que abrange diferentes tecnologias e verticais com implicações profundas nos negócios, na cultura e na vida em sociedade de forma geral.

Em termos de tecnologia podemos destacar os diferentes tipos de dispositivos e sensores, que têm potencial de criar uma indústria eletro-eletrônica de grandes dimensões no Brasil, redes de telecomunicações (incluindo as novas redes de transmissão de dados de IOT – LPWANs – que estão se expandindo rapidamente pelo mundo), software rodando em servidores em nuvem, Aplicativos, Big Data, Analytics e Inteligência Artificial.

E não existe indústria que ficará a margem das transformações proporcionadas pela Internet das Coisas. Todas as verticais de negócios já possuem casos de uso de IOT com destaque para o Varejo, Saúde, Transporte e Logística, Energia, Manufatura (com a chamada Indústria 4.0), Agronegócio, Seguros e Cidades Inteligentes. A Internet das Coisas proporcionará ganhos de eficiência e redução de custos na casa de Trilhões de dólares. Mas o principal fator de importância econômica serão os novos Modelos de Negócios (que atualmente só existem no mundo digital da Internet) mas que trarão receita incremental para todas as verticais de negócios do mundo físico.

E para o Brasil se posicionar, rapidamente, como um player mundial de peso em Internet das Coisas é condição primordial a formação de um Ecossistema forte e robusto e para isso é preciso uma Entidade que aglutine e represente, de forma agnóstica, todos os participantes desse setor, grandes e pequenas empresas (incluindo as Start-ups) já que a cooperação é condição vital de sucesso na Internet das Coisas.

Missão

A ABINC, tem por missão, catalisar, fomentar e promover os diferentes interesses e necessidades destinados ao negócio de IoT, visando a satisfazer os seus associados e parceiros, com atuações e representações nas esferas públicas e privadas, contribuindo no desenvolvimento tecnológico, respeitando o indivíduo, a sociedade e o meio ambiente.