Artigos

4 maneiras de acelerar a mobilidade social em mercados emergentes com a Internet das Coisas

05/02/2020

• 1 min de leitura

Destaques

  • As pequenas e médias empresas (PMEs) criam 90% dos novos empregos em mercados emergentes e são os principais impulsionadores da oportunidade econômica e da mobilidade social;

O investimento contínuo em novas tecnologias, agora necessárias para serem competitivas, tornou-se um obstáculo significativo.

  • Projetos-piloto realizados em 130 PMEs no Brasil indicam que o governo pode ajudar as PMEs a destravar valor econômico e melhorar a mobilidade social se uma nova estrutura for aplicada.

Genebra, Suíça, 20 de janeiro de 2020 − Pequenas e médias empresas (PMEs) são críticas para a economia global, mas estão perdendo terreno na 4ª Revolução Industrial.

A contribuição das PMEs para o PIB dos Estados Unidos caiu quase cinco pontos percentuais de 1990 a 2014, o último ano. Essa tendência deve alarmar os formuladores de políticas, particularmente em mercados emergentes, onde as empresas menores são os principais impulsionadores da oportunidade econômica e da mobilidade social, criando 90% dos novos empregos, de acordo com o International Trade Center.

Para ajudar as PMEs a acompanhar o ritmo das mudanças tecnológicas na 4ª Revolução Industrial, o Fórum Econômico Mundial lançou durante o evento um novo protocolo de política: Acelerando o Impacto da IoT Industrial em Pequenas e Médias Empresas: Um Protocolo de Ação. Ele detalha como os formuladores de políticas podem cumprir uma 4ª Revolução Industrial mais inclusiva e garantir que as PMEs não sejam deixadas para trás.

O protocolo político identifica quatro áreas nas quais os formuladores de políticas podem se concentrar e 14 “intervenções políticas” que podem ser implementadas para aumentar a competitividade das PMEs. As quatro áreas principais são criação de conhecimento, orientação, espaço para colaboração e incentivos financeiros. Ao focar nessas quatro áreas principais, as empresas devem poder melhorar a produtividade, apoiando a criação de empregos e a mobilidade social.

Mais de 130 PMEs das indústrias automotiva e aeroespacial do Estado de São Paulo estão participando do projeto piloto para testarem a estrutura proposta. O objetivo é aumentar esse número para 2.000 empresas em todo o país até 2021. Por seis meses, o Fórum Econômico Mundial, o Ministério da Economia do Brasil e o Estado de São Paulo fizeram uma parceria para desenvolver essa solução em potencial (nota: que está contando com a participação da ABINC).

“A 4ª Revolução Industrial está deixando para trás a engrenagem crítica das PMEs que impulsionam mais da metade da economia global, mas se agirmos agora, não será tarde demais para atualiza-las”, disse Geoffrey Wylde, líder de IoT, robótica e cidades inteligentes do Fórum Econômico Mundial. “Os países da África, Ásia e Américas manifestaram interesse neste protocolo e acreditamos que isso representa um ponto de virada. Felizmente, o trabalho do Fórum e de nossos parceiros brasileiros ajudará os formuladores de políticas de todo o mundo a cumprir a promessa de uma 4ª Revolução Industrial mais inclusiva”.

“Os países em desenvolvimento podem acelerar seu crescimento criando o ambiente de negócios apropriado para promover a adoção de novas tecnologias”, disse Carlos Alexandre da Costa, Vice-Ministro de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia do Brasil. “A 4ª Revolução Industrial é um desses momentos de avanço para nossos países, e para as PMEs em particular, que representa um claro desafio para nossos governos. Uma de nossas principais prioridades é desenvolver experiências de adoção positivas e replicáveis para as PMEs, por meio de pilotos, laboratórios de testes e bancos de testes. Este é um fator chave para a modernização generalizada de nossos negócios, rápido crescimento e aprimoramento da produtividade”.

As descobertas e recomendações do protocolo político são aplicáveis muito além das fronteiras do Brasil, portanto as ferramentas do programa piloto estarão disponíveis para a comunidade global do Fórum. O Fórum Econômico Mundial incentiva os formuladores de políticas e as partes interessadas do setor a experimentar o protocolo de políticas e compartilhar suas descobertas com a rede do Fórum. Ao trabalhar em conjunto, essa comunidade global pode capacitar as PMEs a liderar o caminho para uma maior produtividade e inclusão econômica.

Sobre a Reunião Anual 2020:

A Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial 2020 ocorreu de 21 a 24 de janeiro de 2020 em Davos-Klosters, na Suíça. A reunião reuniu mais de 3.000 líderes globais da política, governo, sociedade civil, academia, artes e cultura, além da mídia. Reunindo-se sob o tema, Partes Interessadas por um Mundo Coeso e Sustentável, os participantes se concentraram na definição de novos modelos para a construção de sociedades sustentáveis e inclusivas em um mundo plurilateral. Para obter mais informações, por favor, clique aqui.

Para obter mais informações sobre a Reunião Anual 2020, clique aqui.

Fonte: WEF

Seja um associado da ABINC para ajudar a impulsionar o mercado de IoT no Brasil

Associado da ABINC tem como benefícios:

+ Preços promocionais nos eventos da associação;

+ Ter acesso às demandas e necessidades de IOT do mercado (empresas e governo);

+ Networking com todo o ecossistema de IOT ABINC;

+ Ter seus casos de sucesso em IOT divulgados para todo o mercado.

Quanto maior for a nossa comunidade, mais forte e representativo será o nosso setor. Participe!

Clique aqui e saiba mais.

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Últimas Publicações

PREENCHA O
FORMULÁRIO

Como um associado ABINC, a sua marca estará associada ao cenário de IOT e sua empresa terá acesso a benefícios exclusivos além de uma biblioteca digital para seu time evoluir ainda mais.

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DE CADA PLANO

BENEFÍCIOS ONLINEFULL
SERVICE
POWER
SERVICE
BUSINESS
SERVICE
BASIC
SERVICE
STARTUP
Banner - Seções em abas do site da ABINC (período de 12 meses)
Banner - Seções no site da ABINC (período de 12 meses)
Banner - Seções no site da ABINC (período de 12 meses)
Speaker Evento ONLINE - Webinar (indicação cliente ou colaborador)31
Logotipo no "Webinar Online"
Logotipo em certificados dos eventos ABINC
Newsletter personalizada (período de 12 meses)64322
Área exclusiva do patrocinador no Hotsite do evento com logotipo
Mailing dos inscritos (todos eventos) ou pontual
Email marketing eventos ABINC/ Convites digitais
Artigo no Hotsite ABINC (não comercial pre aprovado pela ABINC)321
Exposição Logomarca ABINC em Apresentação Comercial (Selo Associado ABINC)
Inclusão Seção Parceiros
Desconto promocionais em workshops, congressos e eventos que constam a ABINC como entidade apoiadora
Acesso material digital da Biblioteca
Logotipo proporcional na tela de proteção eventos
BENEFÍCIOS OFFLINE
Backdrop credencial/eventos
Logotipo em certicados dos eventos ABINC
Material impresso eventos
Brindes eventos
Direito a convites para os eventos ABINC
Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Política de Privacidade.
X