fbpx
Início Artigos Arduino apresenta uma maneira para projetar hardware de IoT com código baixo

Arduino apresenta uma maneira para projetar hardware de IoT com código baixo

Por Redação ABINC
0 comentário

Por Dean Takahashi

A Arduino apresentou uma nova solução de código baixo para criadores de produtos que projetam hardware para a Internet das Coisas (IoT). Também revelou uma nova família de chips Portenta para uma variedade de aplicações de hardware.

A Arduino é a projetista de um microcontrolador de código aberto e agora a empresa deseja simplificar a criação de hardware modular para alimentar objetos do cotidiano inteligentes e conectados. Sua nova ferramenta permite que as pessoas projetem, construam, meçam e explorem vários protótipos em apenas um dia.

Isso significa que as empresas podem fazer todo o trabalho e iterar sem consultas caras ou longos projetos de integração. A Arduino fez os anúncios na CES 2020, a grande feira de tecnologia realizada em Las Vegas na semana de 5 a 10 de janeiro passado.

Milhões de usuários e milhares de empresas de todo o mundo já usam a Arduino como uma plataforma de inovação. As parcerias notáveis existentes da Arduino incluem Amazon, Arm, Bosch, Intel, Google, Microsoft e Samsung.

A Arduino se baseou nessa experiência em design sem atrito para permitir que as empresas conectem sensores remotos com rapidez e segurança à lógica de negócios em uma única plataforma de desenvolvimento de aplicativos de IoT.

Para dar suporte a essa plataforma, o hardware da Arduino já possui chips de autenticação de criptografia integrados e módulos de comunicação certificados, abrangendo Wi-Fi, BLE, LoRa, LTE Cat-M e NB-IoT. Equipados com poderosos microcontroladores ARM de 32 bits, eles estão prontos para qualquer implantação de IoT de baixa energia.

Muitas pequenas empresas reconhecem o valor da IoT, mas não dispõem dos recursos ou de orçamento de engenharia especializados necessários para projetos de IoT convencionais.

Essas empresas estão cada vez mais usando a Arduino como uma maneira de simplificar e acelerar suas implantações de IoT. O CEO da Arduino, Fabio Violante, disse em comunicado que a combinação de hardware IoT pronto para produção e serviços em nuvem seguros, escaláveis e fáceis de integrar permitirão inovações disruptivas.

Na CES 2020, a Arduino também anunciou a nova e poderosa família Arduino Portenta de baixa potência. Projetada para aplicações industriais exigentes, processamento de borda de AI e robótica, ela apresenta um novo padrão de interconexão aberta de alta densidade para suportar periféricos avançados. O primeiro membro da família é o módulo Arduino Portenta H7 − um ARM Cortex-M7 e Cortex-M4 de núcleo duplo rodando a 480 MHz e 240 MHz, respectivamente.

O módulo Portenta H7 é capaz de executar código Arduino, Python e JavaScript, tornando-o acessível a um público ainda mais amplo de desenvolvedores.

Charlene Marini, Vice-Presidente de Estratégia de Serviços de IoT da Arm, disse em comunicado que a solução ajudará os desenvolvedores da Arduino a desenvolverem dispositivos de IoT com segurança e facilidade e os levarão do protótipo à produção rapidamente. A disponibilidade geral está programada para fevereiro de 2020.

O novo módulo Arduino Portenta H7 já está disponível para clientes beta aqui. O programa beta é inicialmente direcionado a clientes empresariais e de pequenas empresas e a fabricantes profissionais.

Fonte: Venture Beat

Você também pode gostar desses...

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceito", você concorda com o nosso uso dos cookies e tecnologias similares. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies