fbpx
Início Artigos Como a tecnologia está acompanhado as mudanças no setor de bebidas alcoólicas

Como a tecnologia está acompanhado as mudanças no setor de bebidas alcoólicas

Por Marcus Vinicius Rocha

Os impactos da indústria 4.0 estão transformando toda a cadeia do setor de bebidas, desde os processos de plantio dos insumos, passando pela produção de destilados e interferindo também na forma de consumo pelo público, que hoje pode experimentar uma verdadeira experiência degustativa no barzinho de casa.

Partindo do início desta cadeia temos as mudanças no campo provocadas pela Internet das Coisas (IoT). Com a introdução de dispositivos inteligentes conectados ao ecossistema, o agricultor passou a produzir com mais qualidade e precisão. Dados coletados através de sensores indicam a qualidade do solo e das culturas agrícolas, desta maneira o produtor consegue gerir a aplicação de fertilizantes e água metro a metro.

A vitivinicultura possui inúmeros desafios. Condições ambientais e climáticas afetam drasticamente a qualidade das uvas, em todo o mundo as perdas nas vinícolas passam de U$ 10 bilhões. Com a utilização de dispositivos habilitados para IoT, produtores estão monitorando e gerenciando de perto o cultivo e o armazenamento do vinho para envelhecimento. O investimento em dispositivos inteligentes nos processos de produção irá aumentar em 25% a qualidade do vinho na vinícola Pago Aylés, na Espanha. Isso apenas no primeiro ano.

Nos últimos anos a indústria de bebidas alcoólicas dos Estados Unidos passou a adotar cada vez mais tecnologias como robótica, big data, inteligência artificial e soluções de armazenamento na nuvem. O setor registra crescimento ano após ano, principalmente no seguimento de destilados, que teve seu melhor ano em 2018 atingindo U$ 81,3 bilhões, um aumento de 4,7%. Na prática sensores habilitados para IoT monitoram a produção em tempo real, analisando a temperatura, fluxos de ar e água, pressões do barril, umidade e até mesmo o sabor. 

O mercado de desenvolvimento de tecnologias e soluções para indústria 4.0 também está atenta às mudanças de comportamento dos consumidores finais. Nos últimos anos o público geral de bebidas alcóolicas mudou o seu status exclusivamente de consumidor, para também fazer parte do processo de produção. Pequenas destilarias foram montadas dentro dos lares e a bebida artesanal passou a fazer parte das atividades sociais de alguns grupos.

Isso não passou despercebido do setor de tecnologia que criou dispositivos para tornar o processo de fabricação de destilados artesanais mais rápidos e autônomos. Desde 2015 uma startup americana produz uma máquina para aqueles que gostam de fabricar a própria cerveja. Com a adição dos ingredientes no dispositivo, em poucas horas é possível apreciar uma de mais de mil receitas compartilhas pela comunidade. Tudo de maneira automatizada e até mesmo remotamente.

O custo de U$ 2499 pelo dispositivo deve desestimular muitos cervejeiros que apreciam fazer a própria bebida, mas por que não apostar em bons drinks feitos em sua casa com ajuda de dispositivos inteligentes? O setor oferece produtos diferentes nesta linha, tanto para consumo em casa ou para pequenos eventos. Os mais completos são capazes de produzir dezenas de receitas de maneira autônoma, já as mais simples orientam no preparo do drink. Utilizando sensores precisos para aferir a quantia de ingredientes, o consumidor acompanha o passo a passo através da tela do celular ou tablete.

Referências: IoT For All,  Connected World, PicoBrew, Just Dinks

Você também pode gostar desses...

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceito", você concorda com o nosso uso dos cookies e tecnologias similares. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies