fbpx
ArtigosEm Destaque

Como o blockchain e a IoT podem aumentar a produtividade do estoque  

A tecnologia blockchain surgiu a cerca de 10 anos, atendendo o mercado financeiro digital, mas só recentemente atraiu a atenção do ambiente corporativo.

Apesar do grande potencial, o blockchain não é uma tecnologia independente, mas a sua convergência com sistemas modernos utilizados na Indústria 4.0 como o big data, Inteligência Artificial (AI), e Internet das Coisas (IoT) irá transformar a indústria de manufaturas e a logísticas de produtos e transporte.

Entre tantos benefícios, a ferramenta tem muito a contribuir na segurança e precisão das informações, e assim, garantindo a credibilidade das organizações, principalmente em um ambiente onde a segurança dos dados é cada vez mais preocupante.

Quando utilizado com outras tecnologias, o blockchain oferece às empresas uma oportunidade para repensar suas práticas internas e externas, melhorando a eficiência e a produtividade do negócio. Como exemplo, podemos citar o Walmart e seu sistema de blockchain para controle da qualidade dos produtos.

Anunciado em 2018, a plataforma desenvolvida pela empresa tem por finalidade checar a qualidade dos produtos que chegam às gôndolas dos supermercados da rede nos EUA.

Num primeiro momento, apenas fornecedores diretos de verduras e legumes precisam utilizar o sistema, fornecendo informações de localização e estado dos alimentos. Além disso, a plataforma irá informar dados de temperatura, origem e localização em tempo real.

A informações da rede é que, através do blockchain, os dados dos produtos estarão disponíveis em apenas 2,2 segundos. Se fosse realizado da maneira tradicional, o levantamento levaria semana para ser concluído devido toda papelada envolvida no processo.

Com os alimentos sendo monitorados desde a colheita no campo até as prateleiras dos supermercados, a rede e seus fornecedores podem, entre outras vantagens, prevenir o abastecimento de alimentos estragados ou infectados.

Estudos do Walmart apontam que a adoção do sistema poderá gerar uma redução de até 20% dos custos na cadeia. Os fornecedores indiretos, como empresas de logística, também terão que se adaptar ao sistema, mas apenas em setembro deste ano.

Para criar a rede blockchain, o Walmart formou uma parceria com a IBM, que realizou o controle do estoque de mangas, comidas de bebê, frango e outros alimentos. Após 18 meses a pesquisa mostrou que a plataforma foi mais eficaz no controle do estoque do que o sistema federal.

Ainda que os projetos com a tecnologia blockchain estejam sendo operados em pequena escala, espera-se grandes transformações na indústria através de sua combinação com outras tecnologias, principalmente aquelas que utilizam IoT e AI, aumentando a proteção e a segurança da rede.

Associado da ABINC tem como benefícios:

+ Preços promocionais nos eventos da associação;

+ Ter acesso às demandas e necessidades de IOT do mercado (empresas e governo);

+ Networking com todo o ecossistema de IOT ABINC;

+ Ter seus casos de sucesso em IOT divulgados para todo o mercado.

Quanto maior for a nossa comunidade, mais forte e representativo será o nosso setor. Participe!

Clique aqui e saiba mais.

Referências: IstoÉ, Sonda

Tags
Mais