fbpx
Início Artigos IoT celular: adoção deve crescer em todo mundo

IoT celular: adoção deve crescer em todo mundo

Por Marcus Vinicius Rocha
0 comentário

As redes de telefones celulares conectam nossos smartphones a milhares de outras pessoas em qualquer lugar do mundo graças a aplicativos como Instagram, Facebook, Gmail entre outros, além da ligação de voz, já não convencional entre os mais jovens. Muito comum em nosso dia a dia, através das redes celulares também podemos nos conectar a milhares de objetos em toda cidade para ter informações sobre o horário do ônibus, onde há vagas de estacionamento disponíveis, aluguel de bicicletas, etc.

A conectividade celular foi desenvolvida com foco no alcance e largura de banda a custo do consumo de energia, ou seja, o dispositivo pode enviar muitos dados a longa distância, mas a bateria descarrega rapidamente. Isso tornou o modelo de rede inadequado para a aplicação da IoT, justamente por exigir sensores e dispositivos remotos com bateria capaz de durar meses ou anos.  

No entanto, o aprimoramento na conectividade celular está permitindo uma nova onda de inovação da IoT, com dispositivos conectados a redes móveis. A IoT celular é uma maneira de conectar coisas físicas como sensores, à Internet, colocando-as nas mesmas redes móveis que os smartphones. Sua simplicidade de infraestrutura combinada com a adoção do 5G, posiciona a IoT celular como um forte participante no espaço de conectividade.

Um estudo realizado pela Ericsson aponta que o número de dispositivos conectados a mais de 20 redes IoT celulares já implantadas deve expandir a uma taxa anual de 19% até 2023. Ou seja, do total estimado de mais de 20 bilhões de dispositivos IoT conectados até 2023, a Ericsson espera que mais de 3,5 bilhões sejam celulares, especialmente na China e no nordeste da Ásia.

No exterior as operadoras estão avançando com novas tecnologias celulares, como NB-IoT e LTE-M, voltadas especificamente para a Internet das Coisas. Embora seja necessário estar próximo de torres celulares, essas tecnologias fornecerão conectividade de baixo custo, baixa largura de banda e baixa energia, que permitirão uma infinidade de novos casos de uso de IoT.

O 5G aliado a IoT celular também promete uma grande revolução, com uma alta largura de banda e ultra velocidade. Isso transformará a tecnologia em um facilitador crítico para muitas aplicações do futuro, como por exemplo: veículos autônomos, realidade aumentada e virtual, etc.

Embora possa levar alguns anos para que ocorra uma adoção generalizada do 5G, a tecnologia terá efeitos transformadores, como o caso citado pelo vice-presidente de operações e projetos da Leverege, Calum McClelland.

“Talvez um dos efeitos mais transformadores do 5G seja que ele pode servir como um substituto para o cabo físico. Em vez da construção intensiva de tempo e recursos da infraestrutura de cabos, cidades e empresas podem usar o 5G para atender a suas necessidades. Isso também abre novos aplicativos para o uso da nuvem, que pode ter sido anteriormente limitada pela quantidade de dados que precisavam ser enviados, dependendo do processamento local”, comentou.

Referência: IoT For All

Você também pode gostar desses...

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceito", você concorda com o nosso uso dos cookies e tecnologias similares. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies