Artigos

Setor produtivo se une pela aprovação de PL que altera Lei de Execuções Fiscais

14/09/2022

• 1 min de leitura

Grupo defende atualização da lei para permitir que empresas e contribuintes acionados pelo Fisco possam compensar dívidas com créditos

 

Com mais de uma dúzia de entidades signatárias, o setor produtivo brasileiro se uniu em torno de manifesto pela aprovação do Projeto de Lei (PL) 2.243/2021. A proposta altera a Lei de Execuções Fiscais (Lei 6.830/1980), com o objetivo de permitir a compensação como matéria de defesa nos embargos à execução fiscal.

 

De acordo com a Lei, em vigor há mais de 40 anos, o contribuinte não pode utilizar a compensação como defesa. Na prática, isso significa que, se o contribuinte for acionado pela Fazenda Pública por alguma dívida, ele não poderá se defender nos autos da Execução Fiscal alegando que também possui um crédito a receber – que abateria parte ou todo o débito.

 

Atualmente, há decisões judiciais conflitantes em relação ao tema. Elas variam entre permitir e negar a alegação da compensação no momento de ser feita oposição aos embargos. Essa falta de uniformização, além de insegurança jurídica, gera aumento dos gastos públicos e morosidade, em razão do elevado número de contribuintes que têm buscado o Poder Judiciário para pleitear a matéria.

 

Solução

 

Como resposta a esse cenário, foi apresentado o PL 2.243/2021 – de autoria do deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS) e que, atualmente, tramita na Câmara dos Deputados. O projeto propõe alterar especificamente o artigo 16, parágrafo 3º, da Lei de Execuções Fiscais, retirando a expressão “nem compensação” do rol de matérias vedadas para defesa dos contribuintes.

 

“Em um cenário de dificuldades econômicas, é inerente o endividamento dos empresários, inclusive de dívidas fiscais passíveis de serem cobradas por meio do processo de execução fiscal. Por isso é tão importante essa alteração da lei”, ressalta Goergen. Segundo o autor do projeto, “o objetivo é possibilitar que os contribuintes possam exercer o seu direito de defesa em execuções fiscais de forma efetiva e ampla, o que, atualmente, é comprometido pela Lei de Execuções Fiscais, já antiga e ultrapassada”.

 

“A proposta tem ampla relevância para a sociedade e para as empresas, uma vez que harmoniza a divergência sobre o tema, além de promover mais segurança jurídica a contribuintes que venham a sofrer execuções fiscais”, destaca o presidente executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo. “A medida também desburocratiza procedimentos fiscais e reduz o comprometimento da gestão financeira das empresas envolvidas em processos de execução fiscal”, acrescenta.

 

A mobilização em defesa do PL 2.243/2021 é liderada pela Brasscom – Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais. Atualmente, 13 entidades assinam o manifesto:

 

ABINC – Associação Brasileira de Internet das Coisas

ABISEMI – Associação Brasileira da Indústria de Semicondutores

Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção

Abratel – Associação Brasileira de Rádio e Televisão

ABT – Associação Brasileira de Telesserviços

APETI – Associação dos Profissionais e Empresas de Tecnologia da Informação

AsBraAP – Associação Brasileira de Agricultura de Precisão

Brasscom – Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais

FABUS – Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus

FecomercioSP – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo

FENAINFO – Federação Nacional das Empresas de Informática

LISBrasil – Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Sistemas de Informação Laboratorial

TelComp – Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Últimas Publicações

PREENCHA O
FORMULÁRIO

Como um associado ABINC, a sua marca estará associada ao cenário de IOT e sua empresa terá acesso a benefícios exclusivos além de uma biblioteca digital para seu time evoluir ainda mais.

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DE CADA PLANO

BENEFÍCIOS ONLINEFULL
SERVICE
POWER
SERVICE
BUSINESS
SERVICE
BASIC
SERVICE
STARTUP
Banner - Seções em abas do site da ABINC (período de 12 meses)
Banner - Seções no site da ABINC (período de 12 meses)
Banner - Seções no site da ABINC (período de 12 meses)
Speaker Evento ONLINE - Webinar (indicação cliente ou colaborador)31
Logotipo no "Webinar Online"
Logotipo em certificados dos eventos ABINC
Newsletter personalizada (período de 12 meses)64322
Área exclusiva do patrocinador no Hotsite do evento com logotipo
Mailing dos inscritos (todos eventos) ou pontual
Email marketing eventos ABINC/ Convites digitais
Artigo no Hotsite ABINC (não comercial pre aprovado pela ABINC)321
Exposição Logomarca ABINC em Apresentação Comercial (Selo Associado ABINC)
Inclusão Seção Parceiros
Desconto promocionais em workshops, congressos e eventos que constam a ABINC como entidade apoiadora
Acesso material digital da Biblioteca
Logotipo proporcional na tela de proteção eventos
BENEFÍCIOS OFFLINE
Backdrop credencial/eventos
Logotipo em certicados dos eventos ABINC
Material impresso eventos
Brindes eventos
Direito a convites para os eventos ABINC
Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Política de Privacidade.
X