fbpx
Início Artigos Tecnologia IoT para evitar acidentes de trabalho

Tecnologia IoT para evitar acidentes de trabalho

Por Marcus Vinicius Rocha
0 comentário

Milhares de acidentes durante as operações de trabalho são registrados no Brasil todos os anos. O impacto da diminuição desta força laboral tem afetado as empresas e por consequência a economia do país, além disso, há também o impacto social e familiar.

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT) um trabalhador sofre acidente a cada 48 segundos. Entre 2012 e 2018, foram registrados 4,26 milhões de acidentes de trabalho, o que resultou num gasto de 28,81 bilhões de reais em benefícios acidentários como pensão por morte, auxílio-acidente e doença e aposentadoria por invalidez.

Ainda segundo o estudo, número de afastamento nas empresas brasileiras por acidentes de trabalho entre 2012 e 2018 foi superior a 335 milhões. Entre os acidentes mais graves para os trabalhadores e responsável por longos períodos de afastamento estão as fraturas. Dados da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) apontam que apenas em 2017, foram registrados 93 mil acidentes de trabalho envolvendo luxações, entorses e fraturas.

O estudo da SBOT indica que o número elevado deste tipo de acidente se deve principalmente pelas falhas de prevenção, provocando principalmente fraturas nos membros superiores (mãos e punhos). Esse tipo de acidente de trabalho liderou o ranking de benefícios concedidos pelo INSS em 2017, acumulando por volta de 22.668 casos.

As quedas de alturas elevadas é um dos acidentes mais comuns entre os trabalhadores, provocado principalmente pela negligência quanto a utilização correta de EPI’s. Outro tipo de acidente comum são os cortes, principalmente para aqueles que atuam em metalúrgica e indústria frigorifica. Em ambos os casos há atividades que demandam carregamento de peso, corte de insumos e lixamento.

Acidente de trabalho envolvendo choques elétricos não estão restritos apenas aos trabalhadores do ramo de rede elétrica. O contato com fios desencapados, fontes não isoladas e a entrada indevida em locais de alta tensão são os principais causadores de choques na indústria. Entre as consequências deste tipo de acidente podem ser citados queimaduras, tontura, contração muscular, perda de sentido, formigamento e risco de morte.

Em meio a 4ª Revolução Industrial, o uso de tecnologias inteligentes podem contribuir para aumentar a segurança dos trabalhadores e diminuir o impacto negativo com os acidentes de trabalho. Desta ideia que surge o projeto HeroBy – IoT Saving Lives, uma startup, associada da ABINC, que desenvolve sensores baseados em IoT (internet das coisas).

O HeroBy cria uma área de proteção de 360º em torno do trabalhador, máquinas e equipamentos em áreas de risco de operações de trabalho emitindo alertas para operadores em tempo real e acesso online aos dados e dashboards para os gestores.

HeroBy

Os sensores do HeroBy podem ser móveis ou fixos, sendo instalados em máquinas, caminhões, postes, colunas ou paredes, porta-crachás, capacetes, coletes, cones, balizas ou em outros EPI´s. A comunicação inteligente desses dispositivos gera áreas seguras em tempo real. Segundo a startup, os sensores podem ser utilizados em todo tipo de operação que ofereça risco às atividades de trabalho. Inclusive em áreas de exclusão.

Equipe HeroBy

“Nossos sensores têm três funções: gerar alertas em tempo real para evitar acidentes, transformar esses alertas em dados dentro da plataforma e apresentar os mapas dos riscos de segurança para as equipes de operações”, explica o COO da HeroBy, Marcelo Figueiral em matéria publicada pelo Terra.

O HeroBy atende às Regras da NR11 e NR12 de Segurança do Trabalho de Máquinas e Equipamentos, principalmente a 12.5.1 (Sistemas de Segurança) que determina que as zonas de perigo devem possuir sistemas de segurança interligados, além de Mapa de Riscos para proteção à vida.

Referências: HeroBy Terra, Volks do Brasil, Agência Fiep

Seja um associado da ABINC para ajudar a impulsionar o mercado de IoT no Brasil

Associado da ABINC tem como benefícios:

+ Preços promocionais nos eventos da associação;

+ Ter acesso às demandas e necessidades de IOT do mercado (empresas e governo);

+ Networking com todo o ecossistema de IOT ABINC;

+ Ter seus casos de sucesso em IOT divulgados para todo o mercado.

Quanto maior for a nossa comunidade, mais forte e representativo será o nosso setor. Participe!

Clique aqui e saiba mais.

Você também pode gostar desses...

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceito", você concorda com o nosso uso dos cookies e tecnologias similares. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies